A distinção “Cidade Europeia do Vinho 2018”, mais que um desafio, é o reconhecimento de um território e do labor das suas gentes, adegas cooperativas, quintas produtoras e milhares de pequenos agricultores, graças aos quais é possível produzir uva e vinho de qualidade. A cultura do vinho faz parte da identidade coletiva destas comunidades, do seu património cultural e garante do seu futuro.

 

Objetivos da “Cidade Europeia do Vinho 2018 – Torres Vedras e Alenquer”

Torres Vedras e Alenquer representam duas Denominações de Origem (DOC) da região de Lisboa, possuindo uma forte tradição na cultura da vinha e do vinho, que se pretende manter e defender. Com esta participação conjunta visa-se assumir uma estratégia comum de desenvolvimento e dinamização da economia e turismo local.

As atividades vitivinícola e o enoturismo são centrais para o desenvolvimento económico da região, quer através da produção de inúmeros vinhos de elevada qualidade, reconhecidos nacional e internacionalmente, quer nos investimentos em unidades turísticas que acrescentam à produção vitivinícola a componente turística de elevado valor acrescentado. Território (s) de secular tradição vitivinícola, Torres Vedras e Alenquer envolvem os seus recursos, dinâmicas, infraestruturas, equipamentos e serviços na presente candidatura, tendo como principal objetivo potenciar sinergias com os agentes económicos de ambos os municípios.

 

 

A RECEVIN
A Rede Europeia das Cidades do Vinho – RECEVIN é a entidade que atribui anualmente a distinção “Cidade Europeia do Vinho”. A RECEVIN é a ferramenta que defende a uma só voz os interesses das administrações locais europeias economicamente ligadas ao vinho. Ao mesmo tempo, fornece uma plataforma comum para trocar experiências, contatos e parcerias. A RECEVIN tem o apoio das Associações Nacionais do Vinho presentes na maioria dos 11 países membros da rede (Alemanha, Áustria, Bulgária, Eslovénia, Espanha, França, Grécia, Hungria, Itália, Portugal e Sérvia), que resultam na em cerca de 800 cidades em toda a Europa.

PARCEIROS PRODUTORES

Interaves
Vinhos Camarnal
Félix Roxa
Adega Cooperativa da Labrugeira
Casa Santos Lima
Associação de Agricultores de Torres Vedras
Adega da Murnalha
Encosta da Vila
Quinta da Boa Esperança
Vale da Capucha
Quinta da Casa Boa
Associação para a Valorização Agrária
Quinta da Barreira
São Mamede da Ventosa
Santos e Santos
Quinta da Folgorosa
Quinta da Almiara
Melícias
Galantinho
Dois Portos
Bonifácio
Adega Mãe
Adega de Carvoeira

PARCEIROS TURISMO

Freguesia da Ventosa
Associação Comercial e Industrial de Alenquer
Restaurante Adega do Miguel
Noah Surf House
Hotel Areias do Seixo
Your Cultural Escape
WineMeTours
West Shuttle
Vitiscape
Vimeiro Clube Aventura
Taberna Napoleão
San Pietro
Rotas do Oeste
Radio Station Bar
Organik
Moinho do Paúl
Roots
Hotel Santa Cruz
Hotel Golf Mar
Dolce Clube Aventura
Dolce Campo Real
Cantinho do Páteo
Boca Santa
Bate Boca

logo2-footer

logos2-footer

CM Torres Vedras CM Alenquer Vinhos de Lisboa AMPV Recevin